segunda-feira, 9 de abril de 2018

Filantropia social

https://www.diariodominho.pt/ de 26 de Março de 2018


Tive hoje conhecimento deste gesto magnânimo de filantropia social desta Empresa de Braga de doar das receitas próprias 500 euros aos seus funcionários que venham a ser progenitores de novas vidas humanas, pelo facto da sua gerência saber que a "queda de natalidade em Portugal" tem a montante uma "vertente económica" como principal razão.

Chama-se a este gesto "uma chapada de luva branca" aos governantes - não só aos actuais, como a todos os que temos tido depois da Revolução de Abril de 1974 - porque este decréscimo da natalidade tem sido o maior factor de empobrecimento de Portugal, sem contudo, ter havido por parte do Estado uma tomada de consciência deste gravíssimo problema.

Tem havido dinheiro para tudo, até para esbanjar em obras megalómanas e, como agora acontece, para proteger o Montepio, mais um banco que estava a cair a pique, para não falar nos demais onde o Estado têm metido milhares de milhões de euros neste negócio privado, cujos prejuízos deviam ter sido sustentados pelos seus accionistas.

Razão que me leva a dar os parabéns ao Grupo José Pimenta Marques e às doze Empresas que o constituem, porque neste gesto colocam por inteiro, para além da solidariedade social que os informa, o modo de se intitularem e com toda a verdade e amor humano: "UM GRUPO, UMA FAMÍLIA".

Eu bem sei que o Estado republicano que temos, não pode assumir para si este nome, mas que usar a FAMÍLIA como tema da sua política social devia ser um caminho de prioridade social, algo que não tem querido adquirir, talvez, porque no Estado Novo havia a sigla: "DEUS, PÁTRIA E FAMÍLIA " uma tríade politicamente impensável, hoje, com a exclusão de "DEUS" que a Revolução de Abril deitou ao abandono - e fez muito mal - ao menos que a "A PÁTRIA E FAMÍLIA" merecesse a este Estado laico algum respeito, porque sem novos nascimentos que garantam a sucessão geracional, estamos a matar a PÁTRIA que ainda somos.

Bem haja, por isso, o Grupo José Pimenta Marques e a sua "chapada de luva branca" ao Estado que temos tido... e ainda temos!

Sem comentários:

Enviar um comentário