sexta-feira, 13 de abril de 2018

Oração à Virgem Maria em Éfeso (Turquia)


"Capela da Virgem" 
local onde viveu Nossa Senhora em Éfeso (Turquia) 

in, Revista "Serões" - Maio e Junho de 1901
............................................................................................

Oração  à Virgem Santa Maria no monte Koressos,
em Éfeso (Turquia)

Senhora Virgem Maria,
Aqui no alto do monte de Koressos,
- Uma terra diversa da tua Nazaré, da Galileia do teu tempo -
Foi aqui que viveste os últimos dias da tua vida de Glória e Dor,
E de aceitaçao ao SIM que deste ao Anjo da Anunciação.

Um SIM que repetiste a convite de São João,
Por te lembrares das Palvras de Teu Filho, Jesus,
Quando no momento glorioso em que agonizava na Cruz do Calvário
Te entregou ao cuidado do seu discípulo amado: 

                                           “Eis aí a tua Mãe”.

Acompanhaste-o, porque ele  queria completar em Éfeso,
A obra iniciada por São Paulo, e assim vieste com ele,
Para com a tua Oração e  conselho o ajudares a fundar novas Igrejas
Para a difusão da Fé Cristã.

Neste dia, Senhora Virgem Maria,
Neste local sagrado que foi tua morada e onde já vieram
Alguns dos Papas que se assentam na Cadeira de São Pedro,
Acolhe, Senhora, este grupo de peregrinos
Que subiu o monte que encheste de Graça,
E, onde, certamente, ouviste de São João o relato das visões de Deus
Que lhe permitiram a escrita do Livro do  Apocalipse.

Estamos aqui,
Para te dizer, as mesmas palavras que um dia ouviste de Isabel,
Grávida de São João Baptista, e que ao ouvir a  tua saudação,
Sentiu que que o seu menino “saltou no seu ventre”,
E cheia de contentamento, te disse:

 “Bendita és tu entre as mulheres, e bendito é o filho do teu ventre”.

Aceita, Senhora, que aqui, no ciimo deste monte,
Repitamos as mesmas palavras de Isabel,
Porque não sabemos, como te dizer por palavras nossas,
O que sentimos por estarmos aqui, agradecendo, também,
O  “Filho do teu ventre” e lembrarmos a Sua Morte Gloriosa,
de que tu, sofrendo-a, te tornaste “Senhora das Dores”.
Aceita, por isso, o nosso reconhecimento, por sabermos,
Que lá do fundo das dores que sofreste é que nasceu o Amor que te temos,
Senhora Virgem Maria, “medianeira de todas as Graças”.

Pedimos-te que intercedas por este grupo de peregrinos,
Que cheios de amor vieram visitar a última casa onde viveste.

Amen.

Sem comentários:

Enviar um comentário